Uma ponte entre o Aikido e as danças circulares

Desde o começo do curso de formação no Move o Mundo, eu pude perceber a afinidade do Aikido com as danças circulares. Já no primeiro módulo após algumas danças e exercícios, tivemos um momento para refletir sobre a consciência/intencionalidade dos movimentos e a percepção de unidade. Além, é claro, do componente em comum mais óbvio que é a circularidade.

A roda ou qualquer movimento circular, como girar sobre o eixo do próprio corpo, ajuda a pessoa a se autocentrar e a se equilibrar.

Psicóloga Glaucia Rodrigues
Coordenadora do Centro de Estudos Universais

Isso é de grande relevância para o Aikido. Passamos muito tempo repetindo as movimentações básicas que serão eficazes em boa parte das situações. O treinamento contínuo permite que tenhamos uma resposta mais natural. Entretanto, é essencial manter-se consciente do porquê realizar o movimento, para poder adaptá-lo quando necessário.

Também é comum realizarmos técnicas pensando na deflexão, na neutralização do ataque e no controle do parceiro como eventos isolados. Entender a mecânica e os detalhes de cada componente pode ajudar, mas quando tratados como momentos completamente independentes eles são inúteis e sem sentido. É preciso experimentá-los como um conjunto indissociável.

Recentemente, desenvolvi, em parceria com Isabel Rogoski, minha primeira vivência/exercício para o grupo de danças circulares  fazendo o caminho inverso. Tentando demonstrar como o equilíbrio do ponto de vista do Aikido pode enriquecer a roda. Partindo do equilíbrio individual em nosso centro físico de massa (Seika Tanden) com a projeção do ki. Passando pelo equilíbrio quando estamos conectados com um parceiro. E finalmente quando estamos em roda com um grupo.

Reconhecer o nosso centro em cada situação e tê-lo sempre como nossa referência é fundamental para tornar o nosso movimento harmonioso tanto no Aikido como nas danças circulares.

Colocados em círculo, percebemos a nossa identidade com o outro pois, ao mesmo tempo em que reconhecemos a nossa igualdade – a unidade que habita no centro – também acolhemos a presença única e insubstituível de cada um que está colocado em pé na linha da circunferência

William Valle
focalizador e coreógrafo de danças circulares

Agradeço ao meu mestre William Valle, em nome de todo grupo, por me ajudar a desenvolver novas habilidades em sintonia com os princípios da harmonia e não-resistência e pela oportunidade de compartilhar na roda um pouco da minha própria bagagem.

Para compartilhar um pouco de sabedoria

Eu sempre prestei bastante atenção no que o Lucas fala (talvez porque ele fale pouco e a gente não pode perder a oportunidade). E alguns dias atrás, ele estava me contando sobre a biblioteca de Aikido que ele está aos poucos montando e como ele gostaria de poder compartilhar isso com os amigos. Eu mesmo já li alguns dos livros dele.

Aquela conversa foi inspiradora para mim. Percebi que eu também posso compartilhar o pouco que tenho. Por isso, criei uma seção aqui no site para listar as obras sobre Aikido e afins que possuo e estão a disposição dos meus amigos.

Livros não mudam o mundo.
Quem muda o mundo são as pessoas.
Os livros só mudam as pessoas.

Mario Quintana

Espero que esse nosso pequeno clube do livro floresça e permita o desenvolvimento dos membros da nossa família na arte do Aikido e também como pessoas.

Seminário Yamada 2010

Nos dias 13 e 14 de novembro, Yamada Shihan esteve em São Paulo, no SESC Pinheiros  para mais um seminário. Foram dois dias intensos onde tivemos a oportunidade de compartilhar os ensinamentos com vários grupos do país.


No final do segundo dia houve ainda um exame para San Dan e foi lembrado que ano que vem é o aniversário de 20 anos da primeira visita de Yamada Sensei no Brasil.

Encontro em Campos do Jordão

Em setembro de 2007 foi realizado um encontro de Aikido reunindo diversos mestres do Brasil e outros países. Uma ótima chance de conhecer vários estilos e culturas.

treino em Campos do Jordão

 

Foram treinos durante três dias, o dia todo. Mais a programação cultural e social que incluía apresentação de taiko e jantar dançante num hotel entre as montanhas com uma paisagem deslumbrante.

Visita ao Massaki Dojo de Maceió

Em 2007, tive a oportunidade de passar uma semana hospedado e treinando no Massaki Dojo com o Sensei Paulus.

m

Foram treinos pela manhã, tarde e noite. Exaustivos mas bastante instrutivos. Também tem treino para crianças que pude acompanhar e participar como monitor. Diversão do começo ao fim.

Grato pela hospedagem e pelos valiosos ensinamentos e pelo tempo compartilhado !

Visita a Sociedade Círculo da Paz

Esse mês visitei mais um dojo aqui no Brasil. A Sociedade Círculo da Paz em Brasília.

Sensei Charles Richet

Um dojo simples localizado no plano piloto. Além do treino regular para adultos, conta também com turma para crianças.

As turmas pequenas permitem um maior acompanhamento dos alunos e é claro, treinos mais puxados. Mas além dos treinos vigorosos, também foi uma ótima oportunidade para trocar boas idéias sobre metodologias para turmas infanto-juvenis.

Acredito ter mais um amigo no Aikido que compartilha dos mesmo valores Agradeço de coração a acolhida.